5. Etanol Colorido | Garotas de Sábado


CENA 01 — COLÉGIO SAN ROMAN [INT./DIA]

 

Som do sinal tocando.

 

ENTRA:

SONOPLASTIA: Milkshake – Kelis.

 

Uma garota jogando outra garota contra a parede e lhe dando três tapas na cara.

 

Uma confusão toma conta dos corredores do Colégio. Garotas gritando e xingando umas às outras. Um verdadeiro caos.

 

Cena em PAUSE.

 

CADY — (V.O) E tudo isso se deu por uma simples postagem do Joana Angélica. Uma linda manhã ensolarada. Todas conviviamos  em perfeita harmonia. Até mais uma vez os segredos de todos foram explanados pela garota do blog do mal. Alguém estava tentando seduzir o diretor do filme para ganhar o papel principal… e não era eu.

 

CENA 02 — COLÉGIO SAN ROMAN [EXT./DIA]

 

Um carrinho de golf vem em alta velocidade, fazendo as pessoas no caminho se jogarem para os lados. Acontece uma perseguição. O carrinho toma impulso e segue destemido, atravessando para o outro lado de uma grande piscina, perseguindo um outro carrinho de golf. Melanie, Viola e Cady estão no carrinho que persegue. O diretor de cinema no que é perseguido.

 

MELANIE — (no volante) Eu vou pegar esse diretor e ser a protagonista da Saga Necrúspulo!

 

VIOLA — Sonha, querida! E aproveita que sonhar ainda está de graça.

 

CADY — Ah, vai procurar teu nome na latinha Coca-Cola. Por que vagina por vagina, eu também sei mostrar a minha.

 

MELANIE — Se vocês não podem brilhar, não apaguem o meu brilho. Entendam que quem nasceu pra ser fogueira nunca chegará a ser tocha olímpica.

 

Viola tenta tomar o volante de Melanie. O carro anda em zig-zag e vai em direção a algumas líderes de torcida em pleno ensaio.

 

VIOLA/MELANIE/CADY — Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah!

 

Melanie consegue desviar o carro.

 

MELANIE — Ufa!

 

E um pombo cai no para brisa, impedindo a visão.

 

MELANIE — Eu não tô enxergando nada!

 

CADY — Tira esse pombo daí!

 

Viola chuta o para brisa do carrinho por dentro, com seu salto. O pombo cai, mas seu salto perfura o para brisa do carrinho, que é de plástico, e fica preso.

 

VIOLA— Ficou preso! Não quer sair!

 

Cady tenta ajudar. O carrinho em alta velocidade. Viola fica de pernas para o ar.

 

VIOLA — A minha calcinha! Tira, tira!

 

Cady puxa a perna de Viola. Seu salto voa e bate na cabeça de uma das líderes de torcida. Melanie continua focada em perseguir Larsson Lucca. A perseguição termina frente ao colégio. As três descem, descabeladas. Larsson vem do outro lado da rua, reclamando enquanto a atravessa.

 

LARSSON — Vocês são três malucas! Eu nunca vou dar um papel no filme e sabe por que? Porque vocês e eu nunca/

 

E um ônibus o atropela. Em Melanie, Cady e Viola, boquiabertas.

 

MELANIE — (V.O)  Bom, ele não morreu, mas não quer nos ver de jeito nenhum. Fraturou alguns ossos, fez algumas plásticas. Nada muito grave. Esse é o preço a pagar quando se é famoso.

 

CENA 03 — CASA DE VIOLA, QUARTO [INT./TARDE]

 

Viola se encontra comendo Ruffles e assistindo Barbie: Life In The Dream House. O celular toca. Ela lambe os dedos e atende.

 

SPLIT SCREAM. Surge a imagem de Melanie.

 

VIOLA —  Alô?

 

MELANIE — Temos que descobrir a verdadeira identidade do Joana Angélica.

 

VIOLA — Temos vírgula, cara pálida. Eu não tenho nada a esconder.

 

Em outra linha.

Surge a imagem de Cady na tela.

 

CADY — Não fui eu quem falsificou as notas do sétimo ano, amor. Vai dizer o quê? Que foi presente do papai noel você ter passado mesmo reprovando em duas matérias?

 

VIOLA — Nós temos que achar a pessoa por trás do Joana Angélica, foi isso que eu disse.

 

CADY — Como?

 

MELANIE — Eu já pensei num jeito de atraí-lo. Hoje à noite. Festa na minha mansão. Jogo da garrafa. Peter.

 

E desliga.

 

CENA 04 — CASA DE CADY, BANHEIRO [INT./NOITE]

 

Em Cady, frente ao espelho, se aprontando. Ela olha constantemente para o papel higiênico. Take entre seu rosto e o papel.

 

CADY — Eu não preciso disso.

 

Cady sai do banheiro, voltando segundos depois.

 

CADY — Quem se importa?!

 

Cady tira uma grande quantidade de papel higiênico do rolo e põe tudo dentro do sutiã. Depois sai e fecha a porta.

 

CORTA PARA.

 

CENA 05 — CASA DE VIOLA, QUARTO [INT./NOITE]

 

SONOPLASTIA: One Way Or Another – Blondie.

 

Em Viola, cantando e dançando loucamente no quarto.

 

VIOLA — Hoje é dia de beijo bebê!

 

Viola passa o batom e põe dentro da bolsa um spray bucal.

 

E sai.

 

CORTA PARA.

 

CENA 06 — MANSÃO DE MELANIE [INT./NOITE]

 

A música continua. Uma garrafa gira em torno de vários adolescentes. Alguns deles se beijam conforme a garrafa para.

 

É a vez de Cady. A garrafa para em Scott. Ela revira os olhos. Os dois se dirigem a um guarda roupas e adentram nele.

 

CADY — Nem vem que não vai rolar nada, hein!

 

SCOTT — Por que? Oh, Cady, a gente fazia um casal tão perfeito.

 

CADY — Até o dia que você me trocou pela Melanie!

 

SCOTT — Foi um erro, quem nunca? Me beija.

 

CADY — Não!

 

Scott apalpa a bunda de Cady que lhe dá um tapa e arranha a sua cara.

 

SCOTT — Você é doida? Eu vou te dizer uma coisa… Você estava ficando gorda.

 

CADY — O que?

 

SCOTT —  O que você achava que tinha naqueles bombons caseiros que eu te dava e dizia que minha mãe tinha feito? Vitaminas, Cady! A mando da Melanie!

 

CADY — Você… Filho da/ Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaah!

 

CORTA PARA fora do guarda - roupas. Todos na sala se assustam quando o corpo de Scott é arremessado para fora. Cady sai logo em seguida, bufando.

 

= = CORTE DESCONTÍNUO = =

 

A garrafa gira novamente, parando em Viola e Peter.

 

MELANIE — Droga!

 

CADY — Se você quiser passar a vez…

 

TIFFANY — Nada disso! A regra do jogo é clara. Das outras vezes ela escolheu verdade ou mentira, mico e nota. Agora é consequência, ou seja, tem que beijar!

 

Melanie olha brava e boquiaberta.

 

MELANIE — Sua tonta!

 

RACHELL — Tiffany! Esqueceu que não era pra falar que a Melanie ia roubar no jogo?

 

MELANIE — Duas tontas!

 

CORTA PARA.

 

CENA 07 — MANSÃO DE MELANIE, QUARTO [INT./NOITE]

 

Peter e Viola acabam de adentrar em um quarto.

 

PETER —  Por que me trouxe aqui?

 

VIOLA — Eu quero!

 

PETER —  O quê?

 

VIOLA —  Você sabe.

 

PETER — Não sei, não.

 

VIOLA — Transar!

 

PETER — Agora? Aqui?

 

VIOLA — Ou eu vou perder a coragem.

 

CORTA PARA.

 

CENA 08 — MANSÃO DE MELANIE, QUARTO DE MELANIE [INT./NOITE]

 

Melanie se ajeita frente ao espelho. Cady adentra, batendo a porta.

 

CADY —  A gente precisa ter uma conversa!

 

MELANIE — Sem time

 

CADY — Você me engordou pra ficar no meu lugar e ainda levou o Scott como prêmio de consolação!

 

MELANIE — Ah, ele te disse? Foi tão fácil te derrubar. Bastou te entupir de carboidrato e esperar que você fizesse o resto, comendo nutella com torrada todo dia.

 

CADY — Sua gordofóbica, maldita! Pois saiba que seu tiro saiu pela culatra, porque isso aqui meu bem.

 

Cady agarra seus peitos.

 

CADY — Não é silicone industrializado que papai pagou pra mim. É o carboidrato que você comprou. Mas eu vou te contar uma coisa, sabe? É muito chato ser gostosa.

Não acredito que ele tenha se vendido por tão pouco. O que mais você deu além da xereca?

 

MELANIE — Nada. Só precisei da xereca mesmo. Cady, sabe por que todo mundo me ama? Por que eu aprendi no sexto ano que eu posso fazer as pessoas acreditarem no que eu quero.

 

CADY — Como no boleto premiado?

 

MELANIE — Foi tão fácil fazer todos acreditarem que aquele professor, Tales, fosse um psicopata. Camisinhas e duas idiotas pra testemunhar, essa é a receita, sem segredos.

 

Cady fica boquiaberta.

 

CENA 09 — MANSÃO DE MELANIE, QUARTO [INT./NOITE]

 

VIOLA — Pode vir, vem na fé!

 

PETER —  (Nervoso) Eu vou…

 

Os dois tentam se beijar, mas acabam batendo os narizes.

 

VIOLA/ PETER — Au!

 

CORTA PARA.

 

CENA 10 —  MANSÃO DE MELANIE, QUARTO DE MELANIE [INT./NOITE]

 

As coisas do quarto de Melanie se encontram reviradas.

 

E uma cadeira é jogada contra Cady, que se abaixa e a cadeira salta da janela. Cady, por sua vez, vai jogando tudo que encontra pela frente.

 

MELANIE — Não! Esse perfume é importado de Milão. Ele foi feito exclusivamente pra mim. Não existe outro dele. É caríssimo.

 

CADY — E? É só fingir que esse perfume é anos de luta feminista que você jogou no lixo com essa sua farsazinha barta!

 

Cady joga o perfume no chão.

 

CADY —  Ops. Caiu!

 

MELANIE — Sua vacaaaaaaaaaa!

 

E Melanie avança.

 

CORTA PARA.

 

CENA 11 — MANSÃO DE MELANIE, QUARTO [INT./NOITE]

 

Em Viola e Peter, sentados na cama, lendo uma revista.

 

VIOLA — Aqui diz que você que tem que começar.

 

PETER — Como?

 

VIOLA — Diz que é pra fazer assim… Eu fico muda, você faz cara de mistério e tira a bermuda.

 

Os dois se entreolham.

 

PETER — Mas eu tô de calça.

 

CORTA PARA.

 

CENA 11 —  MANSÃO DE MELANIE, TERRAÇO [INT./NOITE]

 

Cady e Melanie acabam de subir uma escada que dá no terraço da mansão. Cady persegue Melanie.

 

CADY —  Volta aqui! Eu vou acabar com você. Eu vou transformar você em isopor!

 

Cady derruba Melanie no chão. As duas se atracam ali mesmo. Melanie consegue se levantar.

 

CADY —  Eu vou depenar você, sua Urubua do mal!

 

Melanie dá na cara de Cady.

 

MELANIE — Essa palavra não existe! E eu quebrei minha unha!

 

Cady revida o tapa.

 

CADY — Ai, eu sempre quis dá na tua cara! Aliás, ela é tão macia.

 

MELANIE — Você acha? É um creme feito com o mel das abelhas da África. Quer emprestado?

 

CADY —  Eu quero

 

MELANIE/CADY — Maldita!

 

As duas se atracam novamente. Sem perceberem, elas acabam caminhando para a beirada do terraço.

 

CADY/MELANIE — Aaaaaaah!

 

CORTA PARA.

 

CENA 12 — MANSÃO DE MELANIE, QUARTO [INT./NOITE]

 

Viola se encontra de costas para a parede, roendo as unhas, enquanto Peter tira a calça.

 

VIOLA — Olha, quer saber? Eu desisto. É melhor a gente/

 

Viola se vira, toma um susto e se encurrala na parede ao ver Peter já nu. Ela desliza na parede até chegar ao chão, atônita.

 

PETER —  (Nervoso/Sem graça) E aí… Vai ou não?

 

Viola apenas olha fixamente entre as pernas de Peter. CAM filma a cena por baixo, donde é possível ver Viola por entre o espaço das duas pernas de Peter, e também parte de seu pênis, ainda flácido, mas aparentemente grande.

 

A cena vai escurecendo.

 

CONTINUA…

 


 


Garotas de Sábado

Temporada 1 | Episódio 5

 

Criado e Escrito por:

Everton Brito

 

Elenco:

Melanie

Cady

Viola

Tiffany

Rachell

Scott

Peter

Lúcius.

 

Everton Brito Produções

 

Rajax © 2021


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

close

menu cel