Coluna do Perigoso - Epyzódioh 6 (Edição Especial)


  Olá, meus amigos e público amado.



  Como estão? Espero que estejam bem.
Aos fãs um beijo, aos haters dois porque a inveja e o ódio deles são o meu sucesso.
Ansiosos? Eu também estou, mas não só ansiosos, mas triste também porque esse é o último episódio da primeira temporada da minha coluna. Preciso negociar com a emissora um novo valor, tô achando muito pouco o meu salário de apenas 5 milhões para o tanto de audiência que alcanço para essa emissora. E o que seria dela sem mim, né? Convenhamos, estaria na lama, porque tem uns programas aí que poderiam ser melhorzinhos!
Mas enfim, vamos fazer uma breve retrospectiva para lembrar os bons momentos?



    Pra começar, eu me sinto muito realizado com tudo o que está acontecendo, e é graças a vocês, que lêem que meu programa foi esse sucesso, agradeço muito pelo carinho. Quem não lembra do meu primeiro programa? Contei um pouquinho da minha trajetória e critiquei algumas logos e fui atrás de barracos do mundo virtual, e quem não gosta? Mas o ápice foi quando aquele garotinho lá fez o B.O virtual, coitado, virou chacota na mão de todo mundo! Tenho pena de gente assim que será lembrada pelas vergonhas que passa e não por quem verdadeiramente é, mas se bem que na verdade ele é a vergonha cuspida e escarrada, porque como se não bastasse isso, ele ainda quis me processar porque joguei umas verdades na cara dele num programa que fiz especialmente para ele, na semana seguinte. É muita decadência, não é meus queridxs? Como eu me diverti fazendo esse programa.



  Na terceira semana, expus o Erivan, e por falar nisso, nem vejo rastros dele, parece que está reservado agora, e faz bem, porque não acrescentava em nada com suas mentiras, às vezes me dá uma pena de gente que vive disso, coisa de gente infeliz, apenas. E por falar nessa terceira semana? O boquete virtual? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK. E falando na Pepsi, eu e ela fizemos as pazes, essa vadia veio a minha DM implorar pelo meu perdão, brinks KKKKKKK, ela veio me pedir desculpas e reconheceu que estava errada, e eu, uma pessoa de ótimo coração, claro que perdoei, afinal todos erram, ela vai até ter uma web no Rajax, que vai estrear depois da minha, como não tinha nada melhor pra exibir, tive que aceitar a dela mesmo KKKKKKKKKKKK, brincadeirinha.



Relembrando as edições, eu me lembrei da quarta, que iria passar despercebida, coitada, aquela lá eu não tinha nada para exibir e acabei fazendo para não abandonar vocês. Ai que vergonha só de lembrar daquele episódio capenga, podemos pular isso, né?
Falando da quinta e última edição exibida. O que foi aquilo? Pra falar a verdade foi a melhor na minha opinião, porque foi meio que a minha “vingança” contra o TV Mix, não que eu tivesse planejado, mas tudo aconteceu quando tava em um grupo de twitter conversando, e meus amigos começaram a falar que o TV Mix estava falido, eu juro que nem estava me lembrando desse blog, aí eu tive a brilhante ideia de ir lá no blog provocá-los, porque é claro, quando eu fui hiper, mega, ultra humilhado, eles não economizaram zombações ao meu respeito, e eu não podia deixar por menos, né? E também eu tava sem pauta pro meu programa, arrumar conteúdo era essencial naquele momento, porque matei dois coelhos com uma cajadada só. Além de terminar de destruir aquela emissora que já estava completamente na falência, e ainda arrumei a minha pauta, porque a desgraçada da Kax combinou comigo quando me chamou pro Rajax, que sempre iria me trazer os babados e eu iria falar sobre e correr atrás das pessoas envolvidas, mas né? Acabou que eu quem me virei sozinha, carreguei essa emissora nas costas.



         Espero que tenham gostado dessa retrospectiva, pude me lembrar de coisas maravilhosas que me aconteceram, porque é claro, eu ri em todas elas.
Mas de verdade, se eu pudesse resumir esse programa em um verso, seria nesse (criado por mim, é claro, sou original): “Se algum dia se decepcionar, que seja fazendo o que goste, e dê o seu melhor, não espere nada de ninguém, apenas seja você mesmo, porque se você se amar, e se divertir consigo mesmo, as pessoas também o farão”.



         Sempre pensando no seu entretenimento, agora vamos estrear um quadro que deve ganhar continuidade na tão aguardada e possível “2ª temporada” da minha coluna.
Com vocês o “Bhem Explíssytah”.



Para esse novo quadro, eu pensei em algo bem baixaria exposta mesmo, e convidei algumas pessoas para participarem, eu chamei a desgraçada da minha amiga Megan, mas ela demorou uma vida pra me responder, e dispensei a cachorra.



         Deixa eu contar pra vocês como funciona o quadro: Eu mandei um vídeo pornô para cada participante, e eles iriam ver o conteúdo e me contarem o que sentiram na hora que estavam, pode ser prazer, nojo, ou sei lá o que vão sentir. A primeira convidada, e a mais puta é a Agatha, antiga autora do Web Lixo(Mundi). Imagens na tela produção:





Eu não tenho nem comentários para tecer sobre esses prints. E agora mais uma participante, é uma amiga minha que sempre pede um espacinho para se expor, como ela é mendiga, está conseguindo algumas doações de cestas básicas. Ah, aproveitando que estamos falando nela, quem quiser fazer uma doação é só ligar para o número 0800-520-2020. Vamos ver os prints?





Aqui vemos que ela se fez de recatada, mas nos bastidores ela me disse que amouh. E vamos de falsidade. A última e a mais linda, minha irmãzinha Ricka, ela viu um bizarro pornô de uma novinha com um daddy da quinta idade, veja a sua opinião:





Pelo vistoh ela não gostou, e vamos de decepção.
Bom, meus amores, eu espero que tenham gostado desse quadro que eu amei fazer. E jhuçtiphykandoh(justificando KKKKKK) a Megan, eu tinha mandado um vídeo pra ela, mas como eu não vi nenhum dos pornôs antes de mandar, era um vídeo de duas mulheres fazendo cócegas uma na outra, acompanhe o vídeo. Não sei se apaguei, se achar posto o link KKKKKKKKK
Antes de passar para o próximo quadro, vamos receber uma cantora espetacular, que não conheço, mas amo a música dela. E essa vai para as invejosas, as recalcadas e as inimigas.



E depois de nos deliciarmos com esse cântico suave, vamos ao quadro final. Com vocês “O Últchymoh Pizãoh”.



A pedido de uma pessoa(dono da emyççorah), eu fui às ruas de “Bervely Hills” ver se achava alguém para fazer uma reportagem. KKKKKKKKKKKK
         Após passar na loja da Louis Vuitton e deixar as sacolas no carro da emissora, eu me encontrei com o Eduardo Moretti saindo, disfarçado, de uma loja da Prada(após sair de uma reunião dos consumidores compulsivos) , e logo corri atrás dele, que aceitou dar uma “breve” entrevista.



Paulo Perigo- Olá, querido. Boa tarde! Quanto tempo não nos falamos. Gostaria de começar causandoh. Porque segundo fontes confiáveis, você não gosta do MegaPro, o que você tem a dizer sobre isso?
Eduardo- Olá, boa tarde. Saudades!
Ai ai... Não é que eu não, não gostar é uma palavra muito forte. Apenas tinha expectativas por tudo que me falaram e elas não foram supridas, como por ex: Desde reportagens semanais sobre minha obra que estava no ar, Terror Story, que as vezes parecia que queriam me boicotar, de tão mal feitas que eram, colocavam gente despreparada pra fazer, por fim, tomei as rédeas e eu mesmo passei a fazê-las, porque não suporto descaso com minhas obras, levo tudo muito a sério, e dou o meu melhor, por isso defendo minhas crias com unhas e dentes. O problema de lá é que eles vivem num bolha, numa panelinha onde 4 ou 5, são prioridade em tudo e de todos e com isso os outros autores ficam em segundo plano. E essa percepção não é só minha, várias pessoas já disseram a mesma coisa, inclusive que trabalharam ou trabalham com eles.
Paulo Perigo- Você disse que lá há uma panelinha e que outras pessoas até reclamara, me conta mais sobre esse babado forte.
Eduardo- Sim. E é nítido isso, a gente percebe que quem entra não tem prioridade nenhuma ou que pouco importa nossa opinião, são esse grupinho que administra e tal que querem fazer do jeito deles, e se vc não bate o pé, depois não pode opinar nada, inclusivo muitos que não são os donos da web emissora querem passar por cima do dono que é o Lucas Luciano e mandar mais que ele, isso pra mim ta errado. Tanto que muitas vezes fui direto até ele e expus algumas situações que passei, ele sim é um cara nota 10 que não tenho do que reclamar, sempre me tratou bem e deu valor a minha obra, quanto ao resto não tenho nada contra, nem a favor, apenas são irrelevantes pra mim, tanto faz. Mas to muito feliz estando fora desse meio agora que é muito podre por parte de algumas pessoas, todas web emissoras tem esse tipo de pessoas, passei por três em dois anos e vi muita coisa, se eu fosse de baixar a cabeça tinham me engolindo, mas sou tinhoso, amo o que faço e não permito certas coisas, corto logo o mal pela raiz. Acordei a tempo e sair do MV foi a melhor coisa que fiz, ñ me arrependo nenhum um pouco. To muito feliz com meu canal e meu blog e com todo feedback. Garota de Ipanema que esta no meu blog ainda faz sucesso, cada comentário dos novos leitores me enchem de orgulho, ela é uma web novela atemporal, e dentro em breve mais novidades ainda esse ano, aguardem.
Paulo Perigo- Foi muito bom te rever, amigo. Podemos esperar uma produção sua no Rajax?
Eduardo preferiu manter a informação em segredo, e após a entrevista, fofocamos nos bastidores sobre os babados do MV. 

E não achando ninguém nas ruas por causa do corona vírus, a produção me levou para a entrada da favela Bed-Stuy e me encontrei com a Agatha, a que participou do quadro acima, pois após a queda do Web Mundi, ela começou a trabalhar de faxineira.



Paulo Perigo- Olá, querida. Feliz em te ver. Estou fazendo uma reportagem sobre certos blogs e gostaria de esclarecer algo, pois soube que você não gosta do Web Mundi, me fale mais sobre o assunto.
Agatha- Olá, lindão. Não é fofoca não, eu não gosto do Web Mundi mesmo. Eu entrei lá por meio da minha amizade com o Lucas Silva (Kax). Escrevi muita coisa lá, mas sempre percebi que o William era metido, você pode perguntar para o Kax, fui o primeiro a alertar aquela poc. Mas eu ficava lá, né. Apesar dele me irritar muito. Só sai quando ele colocou o Lucas no olho da rua, daí sim foi o estopim. Eu sentia que ele menosprezava as pessoas, sabe? Mas nunca brigue com ele nem nada. Isso graças a Deus, nunca aconteceu. Mas sempre percebi o ego inflado dele.
Paulo Perigo- Entendi, moh. Ele realmente era ignorante, eu ainda tava no blog quando ele tava começando a se achar o tal. Mas nunca deixei de enfrentar ele, e por isso saí daquela pocilga. Qual a probabilidade de você voltar para o Web Mundi?
Agatha- Nenhuma. Depois te conto um negócio em off.


Já encerrei a entrevista e fui logo para os bastidores saber qual era o baphoh. Fiquei sem ar e fui levada ao hospital. E de volta ao Brasil, cheguei em minha mansão e queria logo promover a minha empregada para ela ser uma “Empregadora”= empregada+influenciadora.



Paulo Perigo- Empregadaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa? Me diga por que você não gosta do TV Mix.
Empregada- *Voz de Robô ocultando minha verdadeira voz* Bom, tudo começou em 2016 quando eu entrei naquele blog. Eu gostava, via as tabelas, lia as webs de vez em quando e estava satisfeito. *Olha para baixo, enxugando lágrimas* Eu resolvi comentar lá e comecei a conhecer as pessoas que ali habitavam, aos poucos fui construindo alguns relacionamentos e... *Enxugando lágrimas com notas de 100*(sonhou tadinha) É muito difícil falar sobre, mas aquelas pessoas são muito arrogantes sabem. Me incomodava o jeito que eles tratavam as pessoas novas e que eles não gostavam. Pessoas arrogantes e mau caráter. *Rindo de desgosto* Hoje eu até fico feliz em saber que me afastei daquele blog, pois só tinha gente pode e mal intencionada. *Suspiro* Hoje eu sou uma nova pessoa, deixei para trás toda a tristeza que habitava em mim e sou feliz. Eu me libertei, eu me libertei! *Close da câmera em mim sorrindo*
Paulo Perigo- Lá tinha uns lixos que se faziam de sonsos, qual deles você achava mais falso? Jean, Guilherme ou Airton?
Empregada- *Olha para a câmera decidido* Eu acredito que o mais sonho de todos, era ele, ele que se fazia de amigo para conseguir tudo o que queria, mas era uma najinha, eu to falando do... *pausa dramática* Guilherme.
Paulo Perigo- Ok, querida, agora vá lavar minhas roupas.
Esses efeitos bregas, quem colocou foi ela.



       Bom meus amores, agora é a hora da despedida, né? Ai eu não sei como lidar com isso, mas não é uma despedida, é um até breve.
E não percam a entrevista que o Samuel fez comigo.



Vamos fazer o seguinte? Vamos deixar um babado logo no final. Adoro um gancho. Na segunda edição, no primeiro episódio terá um babado sobre um blog que eu saí, algo que fiquei sabendo. Amo? Ansiosos? Eu também estou. Beijoooooooooooooosssssss.
Até!!!



Um oferecimento Coca-Cola Brasil.


E não perca amanhã, o 4º capítulo de “Relações Destrutivas”:



Paty- Vovó, aonde a senhora estava?
Alessandra desce do táxi com a ajuda de Félix. Ela abraça a neta e cumprimenta Eduardo e Megan, que ficam surpresos.
Alessandra- Estava relembrando os velhos tempos da discoteca, que não existe mais. (T) Mas agora estou amando esse swing. –Animada/Dançando- Canta comigo, Paty? Bola, rebola, rebola, bola, rebola, rebola.

Dorotéia (diabólica)- Mãe? Pra mim você é uma piada, Alessandra! Não é assim que você gosta de ser tratada? De uma forma jovial? (T) Então vamos para a sua realidade, sua velha estúpida. (T) MAIS UMA VEZ, SE ENXERGA!
Paty explode e encara a mãe.
Paty- A SENHORA NÃO VAI FALAR ASSIM COM A MINHA AVÓ!
Dorotéia- E VOCÊ? QUEM ACHA QUE É? (T) VOCÊ ABAIXA ESSE TOM DE VOZ COMIGO ANTES QUE EU META A MÃO NA SUA CARA, PORQUE EU SIM SOU DIFERENTE DE UMAS E OUTRAS E ME DOU O RESPEITO!

Recepcionista- Bom dia, eu falo com Madalena Rodrigues Campos?
Madá- Sim é ela, (T) quem está falando?
Aline- Eu me chamo Aline e sou atendente do Hospital do Servidor Público Municipal de São Paulo. (T) O Sr. Antônio Rodrigues Campos disse que você era filha dele, ele estava desmaiado no chão de uma rua e chamaram uma ambulância para buscá-lo, ele precisa de uma acompanhante para ficar aqui com ele, mas tem que ser de maior. Pode vir pra cá?


Amanhã às 19 hrs, no Rajax. 

Um oferecimento Coca-Cola Brasil...



Coluna do Perigoso
Temporada 1 | Edição 6

Apresentação:
Paulinho Perigoso

Participação:
Agatha Narvaz
Rick
C.H.
Gabriel
Eduardo Moretti

Rajax © 2020


Avatar

Tudo sobre Rajax

Rajax
Extremamente impróprio
Conteúdo de total responsabilidade do autor                      
×
Rajax
Extremamente impróprio
Conteúdo de total responsabilidade do autor                              
×

Nenhum comentário:

Postar um comentário

close

menu cel