ILUSÃO - CAPÍTULO 06 - ESPECIAL.


ILUSÃO
CAPÍTULO 06
Larissa fica na cidade, pois Agenor lhe diz que contará a verdade a Iza;
Na escola, Thiago se machuca e Jean diz que é gay;
Margot diz a Estella que o problema dela está na relação com Matha;
Jorge encontra Martha, mais ela o dobra;
Martha arma com Mauro um plano para se livrar de Iza.
CENA 01 / APARTAMENTO DA FAMÍLIA FERRAZ / INT / QUARTO DE MARTHA / NOITE.
Martha está de costas, olhando pela a janela a pensar. Mauro de aproxima e a questiona:
MAURO - Tá, mas como vai se livrar deles?
MARTHA - Se virando em direção ao mordomo - Vou precisar de sua ajuda.
MAURO - Diga-me, o que devo fazer?
MARTHA - Dizendo assim até parece complicado, mas vai ver que não é. Presta atenção - Ela diz a ele seu plano para acabar com Iza e Jorge - Entende porque você vai ter uma das funções primordiais para que esse plano dê certo?
MAURO - É claro! E quanto aos empregados.
MARTHA - Dispense só os da cozinha, o restante não vai nos atrapalhar. Acha que dá conta de cozinhar?
MAURO - Perfeitamente - ele se aproxima dela e pega em suas mãos - cozinha e teatro para a minha senhora.
MARTHA - Ela põe sua mão sobre o rosto de seu mordomo, como uma mãe que acalenta um filho - Não me decepcione.
MAURO - Sorrindo - Jamais.


CENA 02 / CASA DE AGENOR E IZADORA / INT / SALA / NOITE.
IZA - Pai, sobre o jantar…
AGENOR - Acalmando-a - Não se preocupe, nós vamos.
IZA - Eu sei que falei um pouco tarde, se o senhor não quiser ir eu entendo.
AGENOR - Imagina, nós vamos.
IZA - Sorri - Que ótimo, é importante pra mim. Sabe? Acho que ele pode pedir minha mão.
CODINA - Será minha filha? - Olha para Agenor - Não é muito cedo?
IZA - Se ele pedir a mão é porque quer algo sério, não é pai? E isso é bom, não?
AGENOR - É claro, antes casar do que ficar no rola enrola.
Amanhece.
CENA 03 / APARTAMENTO DA FAMÍLIA FERRAZ / INT / QUARTO DE BRUNO / DIA.
Bruno chama seu pai ao seu quarto, sorridente ele lhe mostra o anel que comprou para Izadora.
BRUNO - O que acha pai?
GILBERTO - É lindo, tenho certeza de que ela vai gostar.
BRUNO - Suspira - Ah, espero.
GILBERTO - Mas não foi só pra isso que você me chamou aqui, foi?
BRUNO - É, tem razão.
GILBERTO - Fala, aconteceu alguma coisa? O que você quer me dizer?
BRUNO - Na verdade é sobre a mamãe, o senhor sabe como ela reagiu quando eu pedi a Iza em namoro lá na festa.
GILBERTO - Sim, sim… mas aquilo lá é passado meu filho, relaxa.
BRUNO -  Será? Eu não sei, pai, eu tenho medo da reação da mamãe. Aliás, eu tenho dúvidas sobre o que realmente ela pensa disso tudo, de eu e a Iza estar juntos. Ela me diz tão pouco sobre isso, e pra mim é muito importante o que ela acha, entende?
GILBERTO - Entendo, mas se acalme, sua mãe não é de demonstrar muito os sentimentos dela - Olha no olho dele - mas eu te garanto que ela não vai reprovar vocês dois. Como eu disse, é passado.
BRUNO -  Será?
GILBERTO - Colocando as mãos no ombro de seu filho - Ei, relaxa. Vai ficar tudo bem. Agora vamos lá pra baixo, tomar o café.
BRUNO -  Vai indo, eu já desço.
CENA 04 / APARTAMENTO DA FAMÍLIA FERRAZ / SALA DE JANTAR / INT / DIA.
Todos estão à mesa. Gilberto chega pelas escadas e se junta a família.
MARTHA - Cadê o Bruno? Ele não vai descer.
GILBERTO - Se servindo de café - Disse que já desce, eu estava falando com ele, sobre você.
MARTHA - Confusa - Sobre mim?
GILBERTO - Ele tá confuso, veio me perguntar sobre o que você pensa sobre o namoro dele com a garota de Angra.
MARTHA - E o que você disse?
GILBERTO - Disse que você aprova, que mudou de ideia.
MARTHA - O que é mentira.
GILBERTO - Mas que ele não precisa saber. Ele vai pedi-la em noivado e quer sua aprovação.
MARTHA - Demonstrando tranquilidade - Era só o que me faltava…
GILBERTO - Eu tô é pasmo com sua tranquilidade.
MARTHA - Isso não vai pra frente, não vale a pena nem me preocupar.
GILBERTO - Olha, eu não sei não, hein… mas vem cá, como você pode ter tanta certeza assim?
Bruno desce e eles interrompem a conversa.
MARTHA - Bom dia meu bem.
BRUNO - Bom dia.
MARTHA - Vai buscar sua namorada?
BRUNO - Vou sim, tô saindo daqui a pouco, amanhã a noite estou de volta.
MARTHA -  É claro - Olha para Estella - E você? Tá tão quieta, nem me contou como foi a consulta.
ESTELLA - Um desastre, aquela mulher é louca.
MARTHA - Não fala assim. O que ela disse?
ESTELLA - Que você é a raiz dos meus problemas.
MARTHA - Era só o que me faltava… deve ser eu que te forço a virar cada garrafa de bebida na goela - pensa bem - mas como sei que é mentira sua, vou marcar outra sessão.
ESTELLA - Vai em frente, não acredita em mim.
THIAGO - Se levantando - Eu vou indo.
ESTELLA - Espera filho.
THIAGO - Algum problema?
ESTELLA - Nada, só quero saber se tá tudo bem.
THIAGO - Tá sim.
ESTELLA - Sem graça - Tá, tá bom. Pode ir, boa aula.
MARTHA -  Martha que assistia tudo diz - Eu hein Estella, você nunca foi disso.
Estela lembra as palavras da psicóloga sobre a relação entre ela e Thiago e diz.
ESTELLA - Tá mãe, pede pra ele vir as 3.
MARTHA - Ela quem?
ESTELLA - A psicóloga.
MARTHA - Debochando - Olha, ela mudou de ideia.
CENA 05 / COLÉGIO OPÇÃO / INT / DIA.
Thiago e Manu atravessam o pátio, Jean os interrompe.
JEAN - E aí? Melhor?
THIAGO - Um pouco, foi só um arranhão.
JEAN - Se precisar de alguma coisa me avisa.
THIAGO - Tá, obrigado.
MANU - É, eu posso te perguntar uma coisa?
JEAN - Pode.
MANU - O pessoal do time sabe que você é gay?
JEAN - Ninguém nunca me perguntou nada.
THIAGO - Não enche o menino, garota.
JEAN - Ri - Não, de boa. Normalmente as pessoas estranham o fato de um atleta ser gay, o que é uma bobagem.
THIAGO - Olhando para Manu - Algumas pessoas gostam de estereotipar gays.
JEAN - Sei como é.
Eles chegam na sala.
JEAN -  Depois a gente se fala.
Ele sai.
THIAGO - Ele não é um sonho?
Manu dá um tapa em Thiago.
THIAGO - Aí, não tá vendo que eu tô quebrado?
MANU - Isso foi pela indireta - Sorri - não disse que você ia ficar caidinho por ele? Até chamou de sonho. Aceita, você tá de quatro pelo boy.
THIAGO - Eu hein, vamos entrar que a aula vai começar, e vê se para de falar nisso, vai acabar tirando o garoto do armário daqui da escola.
CENA 06 / CASA DE AGENOR E IZA / INT / DIA.
Bruno chega na casa, Izadora vai ao seu encontro.
IZA - Bruno!
Eles se beijam.
IZA -  Vem, entra.
Do lado de dentro.
AGENOR - E aí meu rapaz, como vai?
BRUNO - Eu tô ótimo e o senhor?
AGENOR - Ótimo também.
BRUNO - Eu vim pra cá pra passar um tempinho com a Iza antes de irmos de volta pro jantar.
AGENOR - Tá certo. Obrigado por vim buscar a gente, cê sabe, meu único meio de transporte é o barco - risos.
BRUNO - Imagina, que isso. Eu vou passar a noite aqui na casa da minha família e amanhã venho pegar vocês para irmos ao Rio.
IZA -  Então pai, eu posso aproveitar esse fim de dia pra dar uma volta aqui na praia com ele?
AGENOR - Pode, mas juízo, viu?
BRUNO - Pode deixar.
CENA 07 / PRAIA / EXT / DIA.
Bruno e Iza correm na areia.
Eles param.
IZA - Sorri - Te amo.
BRUNO - Também, muito, muito.
IZA - Muito é?
BRUNO - Muitíssimo!
IZA - Então prova.
Ele a agarra e beija até caírem na areia.
IZA - Risos - Agora acreditei.
Eles riem e continuam o passeio.
BRUNO - Já tá ficando tarde, vamos?
IZA - Vamos. Só uma coisa…
BRUNO - O que?
IZA - Obrigada por tudo o que você tá fazendo por mim.
BRUNO - Tudo o que?
IZA - Por me incentivar a estudar.
BRUNO - O mérito é todo seu, você não tem que me agradecer por isso.
IZA - Sorri - Mas eu agradeço, você me faz feliz.
BRUNO - Agora sim, eu aceito - sorri - se te faço feliz, esse mérito é meu.
Ela o beija.
BRUNO - Te amo.
CENA 08 / COLÉGIO OPÇÃO / INT / SALA / DIA.
PROFESSOR - Gente, atenção!
Todos o olham.
PROFESSOR - Eu vou passar um seminário sobre a democracia, quero que vocês formem trios. Podem formar e me dêem os nomes, depois eu explico melhor o trabalho.
Jean vai até Manu e Thiago.
JEAN - Posso fazer com vocês?
THIAGO - É…
MANU - Interrompe - Pode! - Olha para o professor - Vai ser nós 3 prof.
Um dia depois.
CENA 09 / APARTAMENTO DA FAMÍLIA FERRAZ / INT / NOITE.
MARTHA - Gilberto, eu vou ver se tá tudo bem com o Mauro na cozinha.
GILBERTO - Tá, mas meu bem, eu não entendi, pra que dispensar as cozinheiras e o Mauro cozinhar? Ele nunca faz isso.
MARTHA -  É bom, assim ele aprende.
Na cozinha.
MARTHA - Pegou as luvas e o saco?
MAURO - Sim, e a faca tá limpa.
MARTHA - Só não encosta nessa faca, pelo amor de Deus. Agora deixa eu ir, o show vai começar.
Na sala.
A porta abre, Isadora, Agenor, Codina e Bruno entram.
MARTHA - Sejam bem vindos!
SEXTA-FEIRA - 20:30 DA NOITE - CAPÍTULO INÉDITO DE ILUSÃO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

close

menu cel