Quem matou Emiliano Figueiredo Silva? Mistério da superprodução do WNC chega ao fim esta semana


 

Novela mexeu com o imaginário dos leitores com o famoso “quem matou?”

 

No dia 13 de maio de 2019, nas proximidades do Largo São Francisco, um corpo foi encontrado carbonizado em um automóvel por moradores próximos do local. Um boletim de ocorrência foi aberto após a identificação da vítima através de bens pessoais encontrados no carro. E a partir daí a polícia começa a investigar a causa do acidente e chega a três suspeitos com possível relação direta com a morte de Emiliano.

 

Essa é a premissa de Incógnita, web novela de Mister Hudson, com revisão de texto por Megan Clarke e Tedilde Moreira. A história que estreou no final do mês passado se encaminha para a reta final essa semana.

 

Larissa, Ronaldo e Humberto, ambos da família Figueiredo Silva são os principais suspeitos de matar o cirurgião plástico. Cada um com grandes motivações para o assassinato.

 

Larissa era esposa do falecido, mas não tinha um casamento feliz, pelo contrário. Constantemente era humilhada e agredida pelo marido, seu relacionamento era de faixada. Por anos tolerou abusos só para passar uma imagem de mãe de família exemplar.

 

Poster promocional da novela. Uma coprodução entre a Polícia Federal estúdios e o Web Novelas Channel 


Ronaldo, por sua vez, é filho de Emiliano, porém nunca teve uma boa relação com ele. Durante sua infância e adolescência suportava as humilhações que sofria do seu pai e ainda via sua mãe aguentar agressões do patriarca. Com isso ele se afundou nas drogas para aliviar os traumas.

 

Humberto é irmão da vítima e mantinha uma relação extraconjugal com sua cunhada, Larissa. Nunca gostou do Emiliano por ser o queridinho da família com seu jeito cínico, falso e dissimulado.

 

O delegado Eduardo Spiller foi encarregado de investigar o caso, chegando nos suspeitos através de uma câmera de segurança nas proximidades:

Trecho: Incógnita / Web Novelas Channel

Larissa (ofegante - raiva): O Sr. está me ofendendo, Sr. Delegado. O Sr. não sabe O QUANTO eu tenho sofrido com tudo isso. Eu tenho pesadelos com o corpo do meu marido sendo consumido pelo fogo e o Sr. fica.... fica

Dr. Eduardo: Calma, minha Sra. Ninguém quer brincar com suas memórias aqui. O problema é que...as câmeras de segurança próximas do Largo São Francisco registraram imagens suas do seu filho e seu cunhado rondando o local, no dia da morte do Sr. Emiliano.”

 

Jogar com o “Quem matou” sempre causou euforia e mexeu com a imaginação do público, seja como trama central ou secundária novelas clássicas. Um exemplo memorável foi o “quem matou Odete Roitman” em Vale Tudo (Rede Globo). No último capítulo foi descoberto que a vilã foi morta pela personagem Leila por engano, mas foi o suficiente pra fazer o Brasil todo se questionar sobre o assassinato.

 

Beatriz Segall interpretou a maior vilã de todos os tempos da novela brasileira


Outra situação foi “quem matou Leôncio” na novela A Escreva Isaura (RecordTV), o sucesso da novela era tanto que a emissora teve que gravar vários finais diferentes para não vasar quem era o verdadeiro assassino.

 

Incógnita se destaca por ter um texto rebuscado e fluído. Seu diferencial é focar o enredo no núcleo principal, quase não havendo tramas secundárias. Isso pode ser explicado pelo seu número reduzido de capítulos, menos que 10, número incomum para o gênero web novela, porém não a faz menos interessante.

 

O último capítulo vai ao ar na noite desta terça, 20, no Web Novelas Channel, sendo a primeira novela escrita por Mister Hudson.

 


Avatar

Tudo sobre Web Novelas Channel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

close

menu cel