OnTV anuncia junção com o Megapro e estremece mercado financeiro


Acionistas temem que isso possa resultar no fim da OnTV

Estava tudo estável na Bolsa de Valores Virtual (BVV) até que João Paulo Ritter, presidente da OnTV, disse que sua emissora trocará de servidor (atualmente no Blogger) para o servidor do Megapro em breve. O anuncio aconteceu durante sua participação no OnlyCast da Rádio Aster.

Em uma entrevista descontraída com o apresentador, Ritter revelou o segredo que estava guardando a um tempo, desde quando informou que a OnTV passaria por mudanças nunca antes vista. Porém, já era especulado uma possível fusão com o Megapro por parte de alguns espectadores do canal.

Após a declaração, os números da BVV oscilaram fortemente: desceram, subiram e depois se estabilizaram. Muitos do meio virtual temem que isso possa ocasionar uma possível falência da emissora de Jaime Lucas, visto a má fama do Megapro em sucumbir redes que aderem ao grupo. TVN, Rede Purple, Unbroken Productions (UP) e Slexd (XD), todas faliram ao fazerem parceria com a emissora de Lucas Luciano.

O Megapro também é conhecido por prometer demais e cumprir de menos, a exemplo: o lançamento da plataforma MegaOD, relançamento da XD, AtentaTV, um blog do Posey, MegaCritc, além de outros projetos que só ficaram na promessa. Muitos se lembram do duplo vexame que foi o cancelamento da Comic Con Virtual, a primeira pela UP (2017) e a segunda pela própria (2019/2020), pois fizeram com que os autores corressem contra o tempo fazendo banners, sinopses e outros pedidos, tudo isso para nada.


Uma das mais promissoras, UP faliu ao se juntar ao Megapro

Segundo a própria fala de Ritter, as negociações demoraram muito tempo até que um acordo fosse feito.

João Carvalho, vice-presidente e um dos pilares do Megapro, afirmou em conversas que a emissora está se transformando. Ele também admitiu alguns erros do passado, como o caso do programa “Menina Curiosa”, que atacava gratuitamente alguns autores do MV e afirmou que alguns diretores na época não tinham experiência. Disse ainda que Lucas Luciano, presidente, é responsável pela administração e questões técnicas de produção. Carvalho, no entanto, atua no gerenciamento da imagem do grupo e foi um dos que negociaram a aquisição da OnTV.

A junção há muitos contrapontos. Se por um lado a OnTV se beneficia fazendo parte da grife, por outro ela está sujeita a carregar, mesmo indiretamente, a rejeição do Megapro; apesar de hoje estar um pouco melhor graças a gestão de João Carvalho. São inúmeras as reclamações dos autores do MV com a rede, principalmente com o presidente e fundador da emissora, um dos responsáveis pela derrocada da própria empresa.

Outra questão que causou receio nos acionistas foi a dificuldade de acesso. Como já mencionado pela equipe da Rajax, embora tenha um site considerado bonito, a experiência não é das melhores para quem acessa do celular (maior público do MV). E pra OnTV esse pode ser um fator negativo.

Não se sabe se Jaime Lucas está a par dessa junção, mas como João Paulo é o presidente interino, cabe a ele a decisão soberana. E o que o público se questiona agora é “será mesmo que vem aí?”.

*Nota: Rede Purple, segundo informe da assessoria de imprensa do Megapro, não chegou a fazer parte do grupo. Houve a intenção, porém nunca foi oficializada. TVN se desfez para adentrar no MegaPro, não configurando falência. Slexd era uma produtora própria da mesma.

Avatar

Tudo sobre OnTV

Nenhum comentário:

Postar um comentário

close

menu cel